Azul oferece US$ 145 milhões para comprar parte da Avianca

A proposta é maior do que a ofertada em março, quando a Azul ofereceu US$ 105 milhões

A companhia aérea Azul informou, hoje (13), que protocolou na Justiça uma nova proposta para comprar parte das operações da Avianca Brasil, empresa que passa por recuperação judicial e cancelou diversos voos no último mês.

Segundo informações da Agência Brasil, a Azul requereu junto ao juízo da 1ª Vara de Falências e Recuperação Judicial de São Paulo, onde se processa a recuperação judicial da Avianca Brasil, uma autorização específica para a compra de uma “nova Unidade Produtiva Isolada (Nova UPI)”, espécie de empresa que seria criada a partir do desmembramento da Avianca, no valor mínimo de US$ 145 milhões.

A proposta é maior do que a ofertada em março, quando a Azul ofereceu US$ 105 milhões para a compra de parte das operações da Avianca Brasil. A oferta da Azul prevê a compra de 21 slots (autorizações de pouso e decolagem), que a Avianca detém atualmente no Aeroporto de Congonhas; 14, no Santos Dumont, e 7 no aeroporto de Brasília.

Acompanhe o Caderno de Notícias no FacebookInstagramYouTube e Twitter.

Carregar mais em Brasil

Vejam também

Edir Macedo pede que Deus ‘remova’ quem é contra Bolsonaro

No último domingo (19), em um culto na Igreja Universal do Reino de Deus do Rio de Janeiro…