FGTS para baianos deve ser liberado em setembro

Trabalhadores poderão sacar de todas as contas de FGTS que possuírem, sejam ativas ou inativas

A Caixa Econômica Federal informou nesta quinta-feira (15) que mais de 4,6 milhões de trabalhadores baianos poderão sacar o FGTS. O valor de R$ 1,5 bilhão será repassado para a Bahia até março de 2020.

O benefício começa a ser liberado a partir do dia 13 de setembro para quem tiver conta no banco, e a partir do dia 18 de outubro para quem não tiver. Os trabalhadores que não tiverem a conta poupança poderão sacar o dinheiro nos caixas eletrônicos, casas lotéricas, agências da Caixa e Caixa Aqui.

Calendário para quem não tem conta poupança na Caixa:

Nascimento Saque
Janeiro de 18/10/2019 até 31/3/2020
Fevereiro de 25/10/2019 até 31/3/2020
Março de 08/11/2019 até 31/3/2020
Abril de 22/11/2019 até 31/3/2020
Maio de 06/12/2019 até 31/3/2020
Junho de 18/12/2019 até 31/3/2020
Julho de 10/01/2020 até 31/3/2020
Agosto de 17/01/2020 até 31/3/2020
Setembro de 24/01/2020 até 31/3/2020
Outubro de 07/02/2020 até 31/3/2020
Novembro de 14/02/2020 até 31/3/2020
Dezembro de 06/03/2020 até 31/3/2020

Calendário para quem tem conta poupança da Caixa:

Nascimento Saque
jan, fev, março e abril de 13/09/2019 até 31/3/2020
maio, jun, jul e agosto de 27/09/2019 até 31/3/2020
set, out, nov e dez de 09/10/2019 até 31/3/2020

Os trabalhadores poderão sacar de todas as contas de FGTS que possuírem, sejam ativas ou inativas (do emprego atual ou dos anteriores). Não há limite do número de contas para os saques. Por exemplo, se o trabalhador tiver seis contas entre ativas e inativas ele pode sacar até R$ 3.000 – R$ 500 de cada conta. Se tiver R$ 270 na conta, por exemplo, poderá retirar o valor total. O trabalhador só poderá fazer um único saque de cada conta.

Segundo a Caixa, apenas este ano, cerca de R$ 1,7 bilhão poderão ser aplicados na economia baiana por meio do saque de 3.184.152 trabalhadores.

Acompanhe o Caderno de Notícias no Facebook, no Instagram e no Twitter.

Carregar mais em Economia

Vejam também

Brasil sai do Mercosul se Argentina frear abertura do bloco, diz Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse na noite da última quinta-feira (15) que, caso…