Ministros de Bolsonaro se licenciam para votar a favor da reforma da Previdência

Teresa Cristina, Onyx Lorenzoni e Marcelo Álvaro Antônio retornarão aos seus cargos ainda esta semana

A ala governista na Câmara dos Deputados acredita que os dois turnos necessários para a votação da reforma da previdência na Casa ocorram ainda nesta semana. Por este motivo, três ministros do governo Bolsonaro deixarão os cargos temporariamente para assumirem seus mandatos como parlamentares.

Teresa Cristina, da Agricultura, Onyx Lorenzoni, da Casa Civil, e Marcelo Álvaro Antônio, do Turismo, foram eleitos para o Congresso nas eleições do ano passado, mas se licenciaram da legislatura para assumirem postos no Poder Executivo. Eles retornam à Câmara essa semana para serem mais três votos a favor do atual texto da reforma da previdência.

Outro que poderia integrar o grupo é ministro da Cidadania, Osmar Terra. Uma decisão do seu partido, o MDB, definiu que não seria necessário o afastamento dele das funções ministeriais.

Pelos cálculos do governo, a reforma da previdência receberá cerca de 330 votos favoráveis a sua aprovação. Para que siga para o Senado, o texto precisa de 308 votos, o que corresponde a 60% dos deputados.

Fonte: Fórum

Acompanhe o Caderno de Notícias no Facebook, no Instagram e no Twitter.

Carregar mais em Política

Vejam também

“Não posso admitir que façam filmes como o da Bruna Surfistinha”, diz Bolsonaro

Durante cerimônia alusiva aos 200 dias de governo, Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-fei…