Nova paralisação reforça mobilização dos servidores municipais de Salvador

Trabalhadores vão paralisar suas atividades na próxima semana, por 24 horas

Em assembleia realizada nesta quinta-feira (6), os servidores municipais de Salvador decidiram fazer novas mobilizações em torno da Campanha Salarial 2019. Motivados pela decisão da gestão municipal em não apresentar qualquer índice para o reajuste salarial para este ano, os trabalhadores resolveram paralisar suas atividades na próxima terça-feira (11), por 24 horas, quando farão novo encontro da categoria, na quadra dos Bancários, na Ladeira dos Aflitos.

“A data base dos servidores municipais não foi respeitada pela gestão municipal. O mês de maio é a referência e o prefeito só pretende retomar qualquer negociação somente em setembro após a apresentação do desempenho fiscal da Prefeitura. Não aceitaremos essa forma de condução da negociação. Dessa vez nem foi reajuste zero. Inimaginável que exista essa atitude negocial”, disse o coordenador geral do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps), Marcelo Rocha, ao comentar o descaso da gestão municipal.

Outra decisão tomada pelos servidores foi a adesão à greve geral nacional prevista para o próximo dia 14 de junho. “O cenário proposto pela Prefeitura é o mesmo que o governo federal oferta. Enxergamos a ação sufocadora nos direitos da classe trabalhadora e se não estivermos mobilizados, não tenho dúvidas que nossas conquistas serão dizimadas”, finalizou Rocha.

Acompanhe o Caderno de Notícias no Facebook, no Instagram e no Twitter.

Carregar mais em Salvador

Vejam também

Arena Fonte Nova ganha iluminação especial no Dia Mundial do Meio Ambiente (5)

Para marcar o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta quarta-feira (05/06), a Arena …