Prefeitura inaugura espaço para elaboração de projetos que reduzam a desigualdade social

O Colabore vai garantir inclusão social a partir de projetos de impacto

Para tentar reduzir a desigualdade social na cidade, a Prefeitura de Salvador inaugurou, nesta sexta-feira (10), o Centro Municipal de Inovação Colabore, um espaço compartilhado para o desenvolvimento de projetos na área.

Localizado no Parque da Cidade, no Itaigara, autoridades e empreendedores visitaram as instalações do primeiro coworking público para microempresas, microempreendedores individuais (MEIs), startups e pessoas que possuam soluções de impacto social para a cidade, mas que também contribuam para atingir os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

“O Colabore é um espaço destinado a permitir que vocações sejam despertadas e estimuladas. Temos o objetivo de ajudar, estimular e colaborar com projetos de empreendedorismo social, que são importantes para nossa cidade e que muitas vezes surgem na sociedade, da capacidade intelectual de pessoas que não teriam condições de alugar um escritório para desenvolver grandes projetos, que não tenha um grande financiamento por trás daquela ação”, disse ACM Neto.

A prefeitura vai lançar ainda este mês um edital para selecionar startups, microempresas, microempreendedores individuais (MEIs) e pessoas físicas que possuem ideias de projetos sustentáveis na capital baiana e desejam atuar no local. A seleção vai levar em conta o alinhamento da proposta com os ODS, que orientam as políticas nacionais e as atividades de cooperação internacional.

O Colabore faz parte da Estratégia de Resiliência de Salvador e é mais uma entrega do eixo Cidade Sustentável do programa Salvador 360. Com investimento de R$ 1,4 milhão e iniciativa coordenada pela Secretaria de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), o Colabore será operado em parceria com o Sebrae e o Parque Social.

Acompanhe o Caderno de Notícias no FacebookInstagramYouTube e Twitter.

Carregar mais em Salvador

Vejam também

Motoristas por aplicativos ficarão sem renda se proposta da Prefeitura for aprovada

A prefeitura de Salvador enviou à Câmara de vereadores um projeto de lei, propondo reduzir…